Olá Pessoal

Os alunos das 8ªs séries da Escola Municipal Prof. Edilson Duarte publicaram neste blog os seus textos desenvolvidos durante as aulas de Língua Portuguesa (Profª Leila). Tais textos foram produzidos a partir da proposta do Projeto Nestlé, Viagem pela Literatura, que é "um concurso cultural que tem como objetivo contribuir para a formação de um jovem leitor crítico, através do estímulo à leitura e da capacitação do professor para o ensino da literatura brasileira". Mais informações, acesse: http://www.nestle.com.br/viagem/ 

Alguns temas trabalhados:

  • as obras de Cândido Portinari,
  • De notícias e não notícias faz-se a crônica - Carlos Drummond de Andrade
  • Melhores Poemas - Guilherme de Almeida, seleção de Carlos Vogt.

Agora, curta os textos dos nossos alunos. Estão um showwwwww!!



Escrito por Alunos do Edilson Duarte às 16h48
[] [envie esta mensagem]



Escuridão

Bruna, Douglas, Junio , Luíza  e Raphael ---806

Fonte: http://www.supostal.com.ar/sub-25/imagenes/wallpapers/rarezas/sombra_mano.jpg

 

Enquanto

Fora

Uma sombra

Me persegue

 

Dentro

Outra

Me devora

 

E agora?

É a hora?

Cadê o meu amor?

A luz apagou

 

A sombra evaporou

Tudo acabou

E nada

Me restou

 

Meu mundo se apagou

Mas a minha vida

Infelizmente continuou:

Escuridão.



Escrito por Alunos do Edilson Duarte às 17h05
[] [envie esta mensagem]



A Seca Do Sertão

A seca do sertão

Onde as plantas não nascem no chão

Causa a fome

E faz sofrer a população.

 

A seca do sertão

Onde água,não tem não

Causa sede

E seca a boca do irmão.

 

A seca do sertão

Onde não dá para viver não

Causa desespero

Pois mata os bois desse sertão.

 

A seca do sertão

É uma solidão

Muita gente passando sede e fome

E muitas crianças com os pés no chão.

 

Grupo:Bruno,Diane,Stephany,Franssuellem.

Turma;806



Escrito por Edilson Duarte às 17h36
[] [envie esta mensagem]



             

O alvo

 

Por um triz

A seta

A certa

O nariz

Do homem

Que ali passa

Na rua da desgraça

Sem nem sentir graça

De estar indo para casa

Vai com toda inocência

Pagar a penitência

Que não cometeu

E a sua cara

Ficou amassada

Por causa da seta

Que ele recebeu.

 

 

Aluno[a]:katllyn,Marcela S.,Suellen  T:805



Escrito por Edilson Duarte às 17h30
[] [envie esta mensagem]



EU

 

Eu sou assim, às vezes me acho a escória da humanidade, às vezes me acho a melhor de todos.

Ás vezes me sinto mal às vezes me sinto bem, posso ser amiga como posso ser inimiga, posso ser gentil como posso ser rude, posso ser paciente como posso ser arrogante, enfim posso ser várias coisas.

É difícil falar de mim, e fácil falar dos outros. Eu gosto de sair, com meus amigos, sair sozinha, gosto de ficar em casa, às vezes não sou muito sociável, prefiro ficar na minha, quieta, porque quando estou irritada não gosto de ver ninguém.

 

Tudo na vida passa, tudo acaba, por isso que tenho que viver cada segundo como se fosse o último da minha vida.

Às vezes eu magôo as pessoas, às vezes elas me magoam, mesmo assim tento levar a vida numa boa, sem brigas e sem maiores confusões, o único problema é que eu sou vingativa, com quem me faz algum mal. EU SOU ASSIM...

 

ARIANE (ARY) 805

 

 

 

 

 



Escrito por Edilson Duarte às 17h27
[] [envie esta mensagem]



  

Eu sou  assim

 
(Fonte: http://meioambiente.contato.net/papeis-de-parede/images/natureza-800x600_jpg.jpg)

 

Triste e feliz,

odiada e querida,

inimiga e amiga,

ruim e boa,

insociável e sociável,

medrosa e corajosa,

burra e inteligente,

bagunceira e comportada,

boba e sábia,

indecisa e decidida ,

fraca e forte,

Eu sou assim.

A cada  momento ,

a cada  circunstância,

uma  maneira de agir,

uma forma de pensar.

 Sou comum,

Com defeitos ,

mas também com

muitas qualidades .

A final o único

perfeito é  Deus!

 

Aline F. - 804



Escrito por Edilson Duarte às 17h21
[] [envie esta mensagem]



A  chegada do brasileiro número 200.000.000

Que você possa ser feliz, desfrutar  se ainda puder, dessas maravilhosas coisas que no dia-a-dia esquecemos.

Seja  bem vindo! Como tudo nessa vida há um lado bom e ruim, vá pelo caminho mais curto que é o correto.

Cuidado! Não vá pela onda das drogas, não te estribes por aquilo que quando chegar à hora saberá.

Quando eu passar pela rua, espero não te ver ao relento mendigando uma migalha de pão...torço para que isso não aconteça e que tomem, alguém, as providências para tirar os que assim estão.

Não quero ter pena de ti, mas tenho, o mundo não é tão fácil assim.

Torço muito por você, quero lhe dizer que : ouça antes de falar ; foi por isso que Deus criou duas orelhas e uma boca!

 

       Patrícia Câmara - 805



Escrito por Edilson Duarte às 17h06
[] [envie esta mensagem]



“ALCANCE”

Tanto ando, de um lado a outro

E não consigo a um canto chegar

Imaginei estrelas cantando

ao mar de um luar

Tanto ando de um lado a outro

E só encontro a solidão e o pranto

Calçadas de mãos dadas,

Correm presas da solidão.

Tanto ando e nada alcanço.

 

Alunas:Lidiane,Maria ,Sonia e Ayrton.

Turma:805

(Fonte: http://cacella.astrodatabase.net/NOVA3.jpg)



Escrito por Alunos do Edilson Duarte às 15h25
[] [envie esta mensagem]



LUZ QUE É DECORRENTE DO SOL

A LUZ QUE É DECORRENTE DO SOL

 

(fonte: http://www.polaris.net/services/image-archive/space/sol/sol.jpg)

 

A  sombra aprisiona a gente

E deixa o homem dependente,

Dependente do sol a da luz

Que é o que nos conduz.

 

Pode ser para a paz, ou para o amor,

Ou para a solidão e a dor.

Mas tudo isso não faz mal

Porque o bem sempre prevalece no final.

 

A  sombra está entre nós,

Porém o sol ilumina o fluir da nossa voz

Que constantemente vira uma canção

E quebra as correntes do coração.

 

Geisa Lima, Patrícia, Danniel e Ronaldo. - 805



 Escrito por Edilson Duarte às 17h25
[
(0) Comente] [envie esta mensagem]



Escrito por Edilson Duarte às 15h24
[] [envie esta mensagem]



A FOME

A  fome

 

fonte: http://www.caiuby.hpg.ig.com.br/A%20fome.JPG

 

De dia um calor infernal

E à noite morrem de frio

Faz eu me sentir mal

Olhando de lado

Tão grande desafio

Queria fazer mais

Que apenas sentir pena

Somos todos iguais

Nesta noite serena

Não querendo só comida

Mais apoio, carinho e atenção

Numa vida sofrida

E nada temos na mão

No corpo, só pele e osso

No coração, lágrimas e esforço.

 

Geisa Lima. - 805



Escrito por Edilson Duarte às 15h21
[] [envie esta mensagem]



PARA O BRASILEIRO 200.000.000

 

O BRASIL é um país lindo, cheios de florestas, praias e lugares muito legais.Também existe no BRASIL a violência , a poluição e outras coisas ruins que é melhor nem falar.

Quando você chegar aqui ,seja calmo, para não arrumar confusões e não se machucar.

Aqui no BRASIL existem pessoas de classe alta, pessoas de classe média e pessoas de classe baixa. Se você estudar bastante com certeza, não vai ser muito pobre. Se não estudar vai ser muito pobre.

Quando estiver com problemas não desista deles, encare-os de frente com força de vontade.

E o melhor de tudo, seja muito feliz, passeie nos melhores lugares, encontre as melhores pessoas, e seja uma pessoa muito boa, alegre, inteligente e bonito{a}

 

 

ALUNAS: CAROLINA e KEYLA   TURMA: 804



Escrito por Alunos do Edilson Duarte às 15h20
[] [envie esta mensagem]



OS QUATRO EU

Eu tenho o eu bom, é o eu que não tem coragem de fazer mal a ninguém.

O eu solitário, o eu que gosta de ficar sozinho.

O eu vingativo, é o eu que sempre quer se vingar em dobro o que me fazem .

O eu amigável, é o eu que procura sempre estar fazendo amigos.

Quando o eu vingativo está em ação eu quero bater em quem fica tirando onda com a minha cara, mas às vezes quando o eu vingativo está em ação o eu bom se intromete e não deixa que eu bata em ninguém.

Com o eu amigável eu procuro sempre estar fazendo amigos novos, em lugares diferentes.

E quando o meu solitário aparece, eu não gosto de tumulto perto de mim, procuro sempre estar sozinho e ouvir um rádio para pensar no passado e no futuro.

 

Nome: Tafarel da Silva Matheus - 804



Escrito por Alunos do Edilson Duarte às 15h15
[] [envie esta mensagem]



Eu sou  assim

 

Triste e feliz,

odiada e querida,

inimiga e amiga,

ruim e boa,

insociável e sociável,

medrosa e corajosa,

burra e inteligente,

bagunceira e comportada,

boba e sábia,

indecisa e decidida ,

fraca e forte,

Eu sou assim.

A cada  momento ,

a cada  circunstância,

uma  maneira de agir,

uma forma de pensar.

 Sou comum,

Com defeitos ,

mas também com

muitas qualidades .

A final o único

perfeito é  Deus!

 

Aline F. - 804



Escrito por Alunos do Edilson Duarte às 15h09
[] [envie esta mensagem]



“Brasileiro Duzentos Milhões

           

Liguei para a maternidade para investigar se já havia nascido a criança de número 200.000.000, mas não souberam me dizer.

-De meia noite até agora nasceram 11 crianças, mas até esse momento nenhuma criança foi etiquetada com esse número.

Imaginando o brasileiro duzentos-milhões, que pode ter nascido ontem ou pode nascer daqui a um mês como se fosse meu filho, neto, bisneto ou até tataraneto, talvez.

Meu amado e desconhecido irmã de número duzentos-milhões,onde quer que esteja nascendo ou nascerás fique bem de olho no seu futuro,tenha bastante atenção nas paradas para que as pessoas não façam de você um objeto,um produto de consumo,nasça bem e lhe desejo uma boa viajem pelo século 21.

 

Nome: Douglas Oliveira      

Turma : 806



Escrito por Alunos do Edilson Duarte às 14h25
[] [envie esta mensagem]



BRASILEIRO 200.000.000

 

Para começar, quero lhe dizer que você abra seus olhos, que olhe bem para o futuro e faça o possível para preservar o que tem, para que o brasileiro número 300.000.000 possa ter um pouco do que nós tivemos como: Ar puro para respirar e outras coisas como pegar sua família, ir para a praia, ou um rio, ou um outro lugar, e não mergulhar na poluição profunda.

Creio eu, que você e a outra parte do mundo, que no seu tempo vivem, não vão aproveitar boa parte do que no meu tempo aproveitei, mas não pense você que somos pessoas que pensam só em aproveitar o nosso momento e não pensamos no futuro. Pois pensamos sim, e por isso escrevo esta carta para você, porque você fará parte da próxima geração e boa parte de nós fica preocupado com o futuro.

Com certeza não o conhecerei, mas peço que vigie o futuro, para que não seja outro que não se preocupa com as próximas gerações, e que  você tenha uma boa vida e paz no futuro.

 

     

                             Alunos: Thaillon, Wallace, Rafael, Felipe e Gabryel      Turma 806    

 

         



Escrito por Edilson Duarte às 14h15
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]


Histórico
Ver mensagens anteriores

Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Doadores do Futuro
Tropicalismo 2004
Cabo Frio Natureza
BOL - E-mail grátis
UOL - O melhor conteúdo